Página inicial
Sala de leitura
Enem
Críticas e sugestões
Eventos
Links paratodos
videos
 


CLIQUE NA IMAGEM
ACIMA, E CONHEÇA ALGUNS VIDEOS DIDÁTICOS CPTEC.INPE


CLIQUE NA IMAGEM
ACIMA, E CONHEÇA JOGO – QUEBRA CABEÇA COM MAPA-MÚNDI FÍSICO


CLIQUE NA IMAGEM
ACIMA, E CONHEÇA MAPA INTERATIVO DAS EMISSÕES DE CO2 NOS DIFERENTES PAÍSES DO MUNDO E DADOS DEMOGRÁFICOS.


CLIQUE NA IMAGEM
ACIMA, E JOGUE COM O MAPA DA EUROPA


CLIQUE NA IMAGEM E LEIA AS MANCHETES DE HOJE DOS JORNAIS DE TODO O
MUNDO.


VEJA O QUANTO VOCÊ CONHECE SOBRE CONTINENTES E OCEANOS


2 JOGOS PARA O ENSINO FUNDAMENTAL


CLIQUE NA IMAGEM E CONHEÇA O MAPA-MÚNDI INTERATIVO

site www.geocienciasnomapa.com.br
CLIQUE NA IMAGEM E CONHEÇA UM SERVIÇO DE LOCALIZAÇÃO ESPACIAL DE TESES E DISSERTAÇÕES EM GEOCIÊNCIAS

 

CAPÍTULO 1 – A GEOGRAFIA NA ERA DA INFORMAÇÃO

 

VESTIBULAR 2014

 

(UNEB) O século XX passou para a História como um dos mais importantes no processo de desenvolvimento dos meios de comunicação e de informação. A “revolução” ocorrida foi extraordinária, sem precedentes, e mudou radicalmente o estilo de vida das pessoas.

Em relação aos efeitos desse fenômeno, marque V nas afirmativas verdadeiras e F, nas falsas.

 

(    ) O exercício da liberdade, as ações sociais e as atividades comerciais se modificaram de forma homogênea nos continentes.

(    ) O sistema de comunicação se tornou um valioso instrumento político.

(    ) O Estado, que, inicialmente, via a internet como um “templo para amadores”, passou a considerá-la um serviço de utilidade pública.

(    ) A importância e a diversificação dos meios de comunicação impuseram uma única legislação, dirigida aos crimes virtuais, para todos os países.

(    ) A banalização da violência, na sociedade atual, se constitui uma das consequências do “mundo de fantasia” criado pela televisão.

 

A alternativa que indica a sequência correta, de cima para baixo, é a

 

01) FVFVV

02) FVVFV

03) VFVFF

04) FFVFV

05) VFFVF

 

(UFAM) “Como dispositivo de múltiplos usos, o telefone celular tem servido cada vez mais de suporte para convergência de mídia, potencialidade que o tem tornado alvo de investimentos por parte da indústria. Há previsões de que, em 2020, os dispositivos móveis serão o maior meio de acesso à internet.”

 

(RODRIGUES, Carla. Revista Galáxia, São Paulo, n. 20, 2010).

 

O contexto da citação acima se refere a uma das principais características do:

 

a) Capitalismo industrial.

b) Capitalismo financeiro.

c) Capitalismo informacional.

d) Capitalismo comercial.

e) Capitalismo da exploração.

 

(IFG) Leia atentamente a charge e o texto a seguir.

 

Disponível em: <http://www.nanihumor.com/>. Acesso em: 25 out. 2013.

 

Na história contemporânea, Edward Snowden revelou à imprensa internacional informações secretas da Agência de Segurança Nacional (NSA) sobre o monitoramento de comunicações e informações do governo estadunidense em vários países do mundo, inclusive no Brasil.

Sabe-se, entretanto, que, ao longo da história, a prática de obter informações de caráter confidencial sobre governos, empresas ou pessoas é bastante frequente, sobretudo como estratégia para governos e organizações conseguirem      vantagens militares, políticas, socioeconômicas ou tecnológicas sobre concorrentes ou inimigos em potencial.

Contudo, tais práticas são compatíveis com regimes democráticos? Qual é o limite da espionagem? Estas são questões complexas e difíceis de responder.

 

Estabeleça a relação do tema abordado na charge e no texto com a história mundial e brasileira e assinale a alterativa correta.

a) Na Antiguidade, as atividades estatais de espionagem ou outras formas privadas de obtenção de informações privilegiadas eram severamente combatidas e punidas pelos setores religiosos e militares das sociedades egípcia, grega, persa e romana.

b) O governo brasileiro considera-se insatisfeito e prejudicado com as estratégias do serviço de inteligência estadunidense, mas também é fato que tais práticas revelam a vulnerabilidade dos mecanismos nacionais de proteção das informações sigilosas estatais e privadas, das atividades econômicas, políticas e tecnológicas do Brasil.

c) Nas sociedades europeias, durante o Período Medieval, as práticas de espionagem dos senhores feudais eram condenadas pelos setores cristãos dominantes, que defendiam a liberdade de pensamento de todas as pessoas e o seu livre acesso aos grandes centros de produção cultural.

d) Durante o século XX, os regimes políticos fascistas criaram mecanismos de controle dos meios de comunicação, com o objetivo de combater as práticas estatais de espionagem e as formas ilícitas das instituições obterem informações dos cidadãos.

e) As práticas imperialistas de espionagem do atual governo estadunidense são fortemente criticadas pelas          organizações comerciais, financeiras e tecnológicas, sediadas naquele país, pois alegam que são prejudicadas com os mecanismos estatais de controle dos meios técnico-informacionais.

 

(UNICENTRO) Observe a figura a seguir.

 

(Disponível em: <http://www.hierophant.com.br/arcano/uploads/Nina/quino2.jpg>. Acesso em: 10 maio 2013.)

 

A sociedade globalizada é resultante de um conjunto de atividades humanas que produziram inúmeras transformações em todas as esferas da vida social. Assinale a alternativa que apresenta, corretamente, uma alteração na sociedade em consequência da sua globalização.

a) A disseminação da tecnologia de automação propiciou a diminuição no índice de desemprego dos trabalhadores.

b) A elevada massificação de informações em tempo real amplia o tempo disponível para refletir, aprimorando o esclarecimento das notícias para os cidadãos.

c) A terceira revolução industrial, amparada no uso da eletricidade, impulsionou a expansão da produção siderúrgica.

d) O aparato planetário do sistema de telecomunicação em rede fortalece a preservação de valores comunitários locais.

e) O complexo hegemônico dos donos da comunicação de massa procura selecionar as notícias transmitidas para o público.

 

(ACAFE) Assinale a alternativa correta.

a) As Tecnologias da Informação e Comunicação (TIC) aumentaram exponencialmente a quantidade de informação ao mesmo tempo em que não significou aumento do conhecimento.

b) As redes sociais, como o facebook, possibilitam a aproximação das pessoas, eliminando, assim, o isolamento que estas teriam sem a presença dessas redes.

c) O desenvolvimento tecnológico pouco alterou a relação das sociedades com seus espaços geográficos.

d) A produção de bens materiais pela atividade industrial sofreu alteração com as novas tecnologias, mas não alterou a relação de trabalho.

 

(UNICAMP) Sobre a Revolução Informacional e suas implicações para a reorganização do mundo contemporâneo, podemos afirmar que:

a) Alguns Estados e um conjunto diminuto de grandes empresas controlam o essencial da revolução tecnológica em curso, atualizando o desenvolvimento geograficamente desigual.   

b) Dado o alcance planetário do sistema técnico informacional, a população tem amplo acesso a uma informação verdadeira que unifica os lugares, tornando o mundo uma democrática aldeia global.   

c) Há um acentuado enfraquecimento das funções de gestão das metrópoles, processo determinado pela descentralização da produção, apoiada no uso intensivo das tecnologias da informação e comunicação.   

d) Os mais diversos fluxos de informações perpassam as fronteiras nacionais, anulando o papel do Estado-Nação como ente regulador e definidor de estratégias no jogo político mundial.   

 

(IFBA)

 

Grande parte dos avanços tecnológicos integra o processo evolutivo da comunicação, conduzindo-nos para uma maior democratização da informação e, consequentemente, do saber. A comunicação virtual introduz um conceito de descentralização da informação e do poder de comunicar. Todo computador, conectado à internet, possui a capacidade de transmitir palavras, imagens, sons. Não se limita apenas aos donos de jornais e emissoras; qualquer pessoa pode construir um site na internet, sobre qualquer assunto e propagá-lo de maneira simples. O espaço cibernético tem se tornado um lugar essencial, um futuro próximo de comunicação completamente distinta da mídia clássica. [...]. A internet proporciona a interação entre locutor e interlocutor, uma vez que, na rede, qualquer elemento adquire a possibilidade de interação, havendo interconexões entre pessoas dos mais diferentes lugares do planeta, facilitando, portanto, o contato entre elas, assim como a busca por opiniões e ideias convergentes. Uma prova da eficiência da internet em construir esse ideal de propagação de mensagens e opiniões está na multiplicidade de temas que podem ser encontrados nela. Além dos sites, as listas de discussão, que agregam pessoas interessadas em um dado assunto, também merecem consideração. É nesse ponto que a internet se sobressai, pois integra e condensa nela todos os recursos de todas as formas de comunicação, como jornal, por exemplo. Além de apresentar todas as funções do jornalismo, que, segundo Beltrão são econômica, social, educativa e de entretenimento, ela é um meio de comunicação interativo. Além disso, há a questão da dinamicidade e da interatividade: o espaço virtual, diferentemente de um texto de jornal ou revista em papel, está constantemente em movimento.

 

GALLI, Fernanda. Linguagem da internet: um meio de comunicação global. In: Hipertexto e gêneros digitais. MARCUSCHI, Luiz Antônio; XAVIER, Antonio Carlos (Org.). São Paulo: Cortez, 2010, p. 151-2. (adaptado)

 

A partir da leitura, marque a alternativa que informa a ideia central do texto:

 

a) A descentralização da informação advinda da internet pode ser usada a favor dos donos de jornais.

b) O jornal e a revista em papel devem desaparecer, pois perderam espaço para as mídias virtuais e sua interatividade.

c) Todo jornal deve englobar questões socioeconômicas e culturais, a fim de deixar seu leitor bem informado.

d) No espaço cibernético, não há uma fiscalização das informações publicadas, tendo em vista que qualquer um pode criar um site.

e) A internet, no processo de evolução da comunicação, possibilitou uma maior interação entre as pessoas, as quais recebem e publicam informações sobre os mais diversos temas.

 

(IFBA)

 

Sem Facebook

Das minhas relações mais próximas, só três comungam comigo não ter facebook. Não pensem que tenho críticas, sou um entusiasta, apenas não quero usar. Pouco dou conta dos meus amigos, onde vou arranjar tempo para mais? Minha etiqueta me faz responder a tudo, teria que largar o trabalho se entrasse na rede social. Só recentemente minhas filhas me convenceram que se não respondesse um spam ninguém ficaria ofendido. A cidade ganhou a parada. Acabou o pequeno mundo onde todos se conheciam, onde não se podia esconder segredos e pecados. Viver na urbe é cruzar com desconhecidos, sentir a frieza do anonimato. Essa é a realidade da maioria. Meu apreço com as redes sociais é por acreditar que elas são um antídoto para o isolamento urbano. São uma novidade que imita o passado, uma nova versão, por vezes mais rica, por vezes mais pobre, da antiga comunidade. Detalhe: não quero retroceder, a simpatia é pelo resgate da nossa essência social. Vivemos para o olhar dos outros, essa é a realidade simples, evidente. Quem pensa o contrário vai à conversa da literatura de autoajuda, que idolatra a autossuficiência e acredita que é possível ser feliz sozinho. É uma ilusão tola. Nascemos para vitrine. Quando checamos insistentemente para saber como reagiram às nossas postagens, somos desvelados no pedido amoroso. O viciado em rede social é obcecado pela sociabilidade. Está em busca de um olhar, de uma aprovação, precisa disso para existir. Ou vamos acreditar que a carência, o desespero amoroso e a busca pelo reconhecimento são novidades da internet? Sei que o facebook é o retrato da felicidade fingida, todos vestidos de ego de domingo, mas essa é a demanda do nosso tempo. Critique nossos costumes, não o espelho. Sei também que as redes são usadas basicamente para frivolidades, é certo, mas isso somos nós. Se a vida miúda de uma cidadezinha fosse transcrita, não seria diferente. Fofoca, sabedoria de almanaque, dicas de produtos culturais, troca de impressões e às vezes até um bom conselho, além de ser um amplificador veloz para mobilizações. Também apontam que amigos virtuais não substituem os presenciais. Todos se dão conta, e justamente usam a rede na esperança de escapar dela. O objetivo final é ser visto e conhecido também fora. Usamos esse grande palco para ensaiar e se aproximar dos outros, fazer o que sempre fizemos. O facebook é a nostalgia da aldeia e sua superação.

 

CORSO, Mário. Sem Facebook. Disponível em: http://zerohora.clicrbs.com.br/rs/cultura-e-lazer/ blogs/. Acesso em: 31 de agosto de 2013. (adaptado)

 

a) A leitura do texto nos faz concluir que

 

a) no primeiro parágrafo, o autor faz uma dura crítica ao uso do facebook.

b) a afirmação “A cidade ganhou a parada” (l. 11), no segundo parágrafo, nos faz inferir que as pessoas estão redescobrindo o prazer de vivenciar a cidade.

c) o quarto parágrafo traz um paradoxo, pois, apesar de parecermos isolados, viciados em redes sociais, o que desejamos realmente é o contato social.

d) no quinto parágrafo, há uma clara comparação entre o facebook e a vida nas cidades pequenas, onde prevalece a fofoca e a mentira.

e) no último parágrafo, o autor conclui afirmando que, na realidade, as pessoas querem escapar das redes sociais, pois reconhecem que é muito melhor ter amigos presenciais que virtuais.

 

b) De acordo com o texto, é correto afirmar que

 

I. responder a todas as solicitações dos amigos na internet faz parte da etiqueta social, a fim de manter as relações sociais.

II. com a internet, as pessoas buscam demonstrar seus sentimentos e emoções nas redes sociais, o que, na realidade, não é algo novo no comportamento humano.

III. na frase “O facebook é a nostalgia da aldeia e sua superação” (l. 55-56), pode-se entender que o facebook é superior às cidades e sua dinâmica.

A alternativa que indica a(s) afirmativa(s) verdadeira(s) é

 

a) I.

b) II.

c) I e II.

d) II e III.

e) I, II e III.

VESTIBULAR 2013

 

(UEMA) A letra da música de Gilberto Gil trata da rede de comunicação existente no mundo e sugere a importância dessa rede para a inclusão digital, do ponto de vista socioeconômico.

 

Pela Internet

Criar meu web site
Fazer minha home-page
Com quantos gigabytes
Se faz uma jangada
Um barco que veleje

[...]
Eu quero entrar na rede
Promover um debate
Juntar via Internet
Um grupo de tietes de Connecticut

De Connecticut acessar
O chefe da milícia de Milão
Um hacker mafioso acaba de soltar
Um vírus pra atacar programas no Japão

Eu quero entrar na rede pra contactar
Os lares do Nepal, os bares do Gabão
Que o chefe da polícia carioca avisa pelo celular
Que lá na praça Onze tem um videopôquer para se jogar

 

GILBERTO GIL. Disco Quanta. Warner Music, 1997 (adaptado).

A relação entre a exclusão socioeconômica e a digital está apresentada na seguinte assertiva:

 

a) A digital desencadeia a socioeconômica, pela relação direta entre a existência de ampla tecnologia da informação e comunicação e a realidade dos países subdesenvolvidos.

b) A socioeconômica desencadeia a digital, por existir maior investimento dos países subdesenvolvidos no acesso à tecnologia de informação e comunicação, portanto, maior inclusão.

c) A socioeconômica desencadeia a digital, pois há relação igualitária entre países desenvolvidos e subdesenvolvidos quanto ao acesso à tecnologia de informação e comunicação, e à inclusão.

d) A digital desencadeia a socioeconômica, à medida que o acesso às tecnologias de informação e comunicação se dá de forma mais estruturada nos países subdesenvolvidos.

e) A socioeconômica desencadeia a digital, por haver uma relação desfavorável quanto ao menor acesso dos países subdesenvolvidos à tecnologia de informação e comunicação.

 

(UPE) Considere o texto a seguir:

 

O espaço geográfico, ao contrário do espaço natural, é um produto da ação do homem. O homem, sendo um animal social, naturalmente atua em conjunto, em grupo, daí ser o espaço geográfico eminentemente social. (...) A ação do homem não ocorre de forma uniforme no espaço e no tempo. Ela se faz de forma mais intensa em determinados momentos e nas áreas, onde se pode empregar uma tecnologia mais avançada ou em que se dispõe de capitais mais do que naquelas em que se dispõe de menores recursos e conhecimentos. Daí a necessidade de uma visão do processo histórico, levando-se em conta tanto o processo evolutivo linear como os desafios que se contrapõem a este processo e que barram ou desviam da linha por ele seguida. Para melhor compreender o processo de produção do espaço geográfico, é indispensável a utilização de conceitos hoje largamente aceitos nas ciências sociais, como os de modo de produção e de formação econômico-sociais. Ao analisarmos a evolução da humanidade e da conquista da natureza pelo homem, temos que admitir que esse começou a produzir o espaço geográfico na ocasião em que pôde abandonar as atividades de caça, pesca e coleta como principais e passou a realizar trabalhos agrícolas e de criação de animais. Claro que a passagem foi feita lentamente e que o homem, transformado em agricultor e criador de animais, continuou a caçar e a pescar, como o faz até os dias atuais, mas essas atividades, antes exclusivas, tornaram-se complementares.

ANDRADE, Manuel Correia de. Geografia Econômica. São Paulo, Editora Atlas, 1987. (Adaptado)

 

É CORRETO afirmar que o autor, no texto que você acabou de ler,

 

a) opõe-se à posição filosófica assumida pelos geógrafos que defendem a Geografia Crítica.

b) estabelece os mais importantes princípios que norteiam o Determinismo Geográfico, uma das

correntes fundamentais da Geografia Clássica que explica a produção do espaço geográfico.

c) defende que o espaço natural, por suas características particulares, assemelha-se ao espaço

social e que deve ser estudado pela História e pela Geografia.

d) advoga que a produção do espaço geográfico é uma função dos níveis técnico e econômico em

que se encontra a sociedade.

e) propõe que, para o equilíbrio do Sistema Terra, é necessário os seres humanos retornarem às

atividades extrativas, especialmente a caça e a pesca, e também à agricultura tradicional.

 

(UNESP) Observe as figuras.

 

 

Faça uma análise espaço-temporal da paisagem, identificando quatro transformações feitas pelo homem.

 

 

Resposta:

 

As principais transformações observadas nas figuras apresentadas são:

 

- a ocupação urbana nas áreas da planície litorânea e nas encostas de morros (favelização);

- construção de portos e terminais de carga;

- como consequência direta daqueles dois processos, observa-se ainda o desmatamento da floresta

tropical;

-  a alteração do uso do solo para fins econômicos (industriais e agricultura) aumentado as possibilidades de processos erosivos.

 

VESTIBULAR 2012

(UERJ)

 

Importantes invenções dos séculos XIX e XX
  

Invenções

Ano

Inventores

telefone

1876

Alexander Graham Bell (escocês, residente no Canadá e nos EUA)

carro

1886

Gottlieb Daimler (alemão)

rádio

1896

Guglielmo Marconi (italiano)

avião

1903
1906

Irmãos Wright (norte-americanos): “Flyer 1”
Alberto Santos Dumont (brasileiro): “14 Bis”

computador

1945

Marinha dos EUA e Universidade de Harvard: “Harvard Mark 1”

satélite

1957

Comunidade científica da URSS: “Sputnik”

internet

1969

Comunidade científica dos EUA: “Arpanet”

   
Adaptado de BOMENY, Helena e outros. Tempos modernos, tempos de sociologia. São Paulo: Editora do Brasil, 2010.


As invenções apresentadas no quadro afetaram o mundo contemporâneo, em especial, no que se refere à circulação de ideias, pessoas e mercadorias.


Em conjunto, essas invenções tiveram efeito principalmente sobre a ampliação da:


a) intervenção estatal
b) integração territorial
c) distribuição da riqueza
f) mobilidade ocupacional

 

(FATEC) Analise o gráfico a seguir.

 

 

(http://www.metrics2.com/blog/2006/05/05/694_million_people_currently_use_the_internet_worl.html Acesso em: 10.09.2011. Adaptado)

*UK (Reino Unido)

** netherlands (Países Baixos)

 

As informações do gráfico sobre usuários da Internet permitem afirmar que

 

a) os três países com maior número de usuários são os mais democráticos.

b) os seis países com maior número de usuários são, predominantemente, países centrais.

c) o continente africano tem representantes entre os quinze países com maior número de usuários.

d) os cinco países com maior número de usuários correspondem aos países mais populosos do mundo.

e) os três países com maior número de usuários são países de industrialização mais antiga.

 

(FATEC) A comunicação via internet, especialmente nos bate-papos, possibilitou um novo canal de comunicação entre as pessoas, e o Brasil tem se consolidado como um mercado de elevada utilização de sites sociais. em agosto de 2011, do total de 61,2 milhões de pessoas com acesso à internet no trabalho ou em domicílios, 45,4 milhões foram usuários ativos.

 

Evolução do número de usuários ativos*, Brasil – trabalho e domicílios agosto de 2010 e agosto de 2011

 

 

Fonte: netView -- iBOPe nielsen Online (http://www.ibope.com.br/calandraWeb/servlet/CalandraRedirect?temp=6&proj=PortaliBOPe&pub=t&nome=home_materia&db=caldb&docid=C2A2CAe41B62 e75e83257907000eC04F Acesso em: 13.09.2011. Adaptado)

*Usuário ativo é a pessoa com 2 anos ou mais de idade que acessou a internet pelo menos uma vez em agosto.

 

De acordo com as informações do texto e do gráfico, analise as afirmações:

 

I.Considerando somente os usuários ativos em domicílios, entre agosto de 2010 e agosto de 2011, houve um aumento de 15%, aproximadamente.

II.Considerando somente os usuários ativos no trabalho, entre agosto de 2010 e agosto de 2011, houve um aumento acima de 10%.

III. em agosto de 2011, do total de 61,2 milhões de pessoas com acesso no trabalho ou em domicílios, 15,8 milhões não foram usuários ativos.

 

É correto o que se afirma em

 

a) I, apenas.

b) II, apenas.

c) I e III, apenas.

d) II e III, apenas.

d) I, II e III.

 

VESTIBULAR 2011

 

(UEPB) De acordo com a composição “Triste Partida” de Patativa do Assaré, nas estrofes que dizem

 

No topo da serra

Oiando pra terra

Seu berço, seu lar

[...]

Aquele nortista

Partido de pena

De longe acena

Adeus meu lugar...

 

a categoria geográfica “lugar” que aparece no fragmento do texto está empregada

 

a) com o sentido de paisagem, pois é do topo da serra que o retirante delimita visualmente o que ele denomina como o seu lugar.

b) erroneamente porque ninguém pode ter o sentimento de identidade e de pertencimento a uma terra inóspita que só lhe causa sofrimento. O lugar é para cada pessoa o espaço onde consegue se reproduzir economicamente.

c) com o sentido de território, pois trata-se de um espaço apropriado pelo fazendeiro, o qual exerce sobre o mesmo uma relação de poder.

d) corretamente porque está impregnada de emoções e de afetividade. Há uma identidade de pertencimento para com esta parcela d espaço.

e) com conotação de região natural, pois trata-se do Sertão nordestino de abrangência do clima semi-árido de chuvas escassas e irregulares e da presença da vegetação de caatinga.

 

VEST VESTIBULAR 2010AR 2010

 

(UFU) A Geografia se expressou e se expressa a partir de um conjunto de conceitos que, por vezes, são considerados erroneamente como equivalentes, a exemplo do uso do conceito de espaço geográfico como equivalente ao de paisagem, entre outros.

 

Considerando os conceitos de espaço geográfico, paisagem, território e lugar, assinale a alternativa INCORRETA.

 

a) A paisagem geográfica é a parte visível do espaço e pode ser descrita a partir dos elementos ou dos objetos que a compõem. A paisagem é formada apenas por elementos naturais; quando os elementos humanos e sociais passam a integrar a paisagem, ela se torna sinônimo de espaço geográfico.

b) O espaço geográfico é (re)construído pelas sociedades humanas ao longo do tempo, através do trabalho. Para tanto, as sociedades utilizam técnicas de que dispõem segundo o momento histórico que vivem, suas crenças e valores, normas e interesses econômicos. Assim, pode-se afirmar que o espaço geográfico é um produto social e histórico.

c) O lugar é concebido como uma forma de tratamento geográfico do mundo vivido, pois é a parte do espaço onde vivemos, ou seja, é o espaço onde moramos, trabalhamos e estudamos, onde estabelecemos vínculos afetivos.

d) Historicamente, a concepção de território associa-se à ideia de natureza e sociedade configuradas por um limite de extensão do poder. A categoria território possui uma relação estreita com a de paisagem e pode ser considerada como um conjunto de paisagens contido pelos limites políticos e administrativos de uma cidade, estado ou país.

 

(UNESP) Espaço, território e rede geográfica são palavras-chaves na Geografia. A rede geográfica tem o poder de ultrapassar as fronteiras nacionais através da internet.

 

Analise o mapa com os usuários da internet no mundo.

 

A partir dessa análise, pode-se afirmar que

 

a) os EUA, o Reino Unido e a Índia lideram os índices de usuários da internet.

b) o Brasil e o Canadá apresentam número semelhante de internautas.

c) a África Subsaariana tem o número total de internautas superior ao da América Latina.

d) a China, a Coreia do Sul e o Japão têm o mesmo número de internautas.

e) o número de usuários da internet da Austrália supera o do Mercosul.

 

(UERJ) Podemos partir da constatação de que a soberania do Estado, que é sobretudo de base territorial, foi abalada também (e talvez sobretudo) por uma série de problemas que ampliaram sua escala a ponto de hoje se transformarem em questões globais.

A desregulamentação dos mercados veio acompanhada pela proliferação das redes ilegais ou ilícitas da

economia. Essas correspondem na verdade a circuitos de poder profundamente integrados ao sistema

legalmente reconhecido, que avançaram com muita força durante as últimas décadas.

 

ROGÉRIO H. DA COSTA e CARLOS W. PORTO-GONÇALVES

Adaptado de A nova des-ordem mundial. São Paulo: Ed. Unesp, 2006.

 

Aponte duas redes ilegais potencializadas exclusivamente em escala local e dois problemas sociais surgidos em escala global, em função do esvaziamento do poder do Estado.

 

Resolução:

 

Duas das redes:

 

- prostituição de rua

- redes de distribuição varejista de drogas

- grupos paramilitares (“esquadrões da morte”, milícias)

- exploração de serviços coletivos em áreas carentes (transportes, gás, TV por assinatura)

 

Dois dos problemas:

 

- terrorismo internacional

- mobilidade de população

- diferentes tipos de poluição

- ineficiência na gestão de recursos naturais

- proliferação de armas de destruição em massa

- circuitos ilegais da economia (narcotráfico, contrabando, biopirataria)

 

(UFMT) Na década de 1960, a empresa Sony lançou o seu televisor portátil. Uma das primeiras propagandas deste produto, difundidas nos EUA, é reproduzida abaixo. Nela afirmava-se: Segure o futuro em suas mãos com Sony.

 

 

 

(www.wellmedicated.com/inspiration. Adaptado.)

 

No contexto da matéria publicitária, pode-se afirmar que

 

a) os valores e os comportamentos sociais foram, ao longo da história da humanidade, afetados pelos meios de comunicação de massa.

b) o controle social exercido sobre a técnica impede que esta altere a nossa percepção do mundo.

c) as sociedades industrializadas contemporâneas libertaramse da dependência da tecnologia e de seus produtos.

d) as inovações no campo da comunicação aceleraram-se a ponto de alterar a nossa relação com o tempo e o espaço.

e) graças aos programas sociais, foi possível assegurar um patamar tecnológico mínimo a todos os seres humanos.

 

(PUCRJ)

 

 

 

As reportagens ilustram uma importante característica do mundo atual apresentada na opção:

 

a) Ampliação da inclusão social, consequência do desinteresse das classes mais pobres pelas novas tecnologias da informação.

b) Redução das desigualdades sociais, possibilitada pelo acesso irrestrito às novas tecnologias de comunicação em todas as partes do mundo.

c) Expansão dos fluxos materiais, resultado da consolidação das redes mundiais de produção que garantem o acesso às redes globais de informação.

d) Consolidação de velhas redes sociais, acessíveis a todos e plenamente no mundo graças à rapidez na troca de informações em escala planetária.

e) Aumento das possibilidades de interatividade com o mundo, resultado da facilitação do acesso à informação e da intensificação dos fluxos imateriais.

 

VESTIBULAR 2009

 

 

(IBMECRJ) Uma malha digital que cresce em velocidade vertiginosa está cobrindo nosso planeta: é a internet, a rede mundial de computadores. Considerando essa importante inovação tecnológica contemporânea, analise a informação:

A integração econômica global é facilitada pelo uso das mesmas técnicas, contudo, integrar não significa incluir a todos.

 

Com base nas informações e em seus conhecimentos, escolha a alternativa que melhor explica a afirmativa apresentada.

a) A era da informação e da revolução científica prioriza a qualificação da mão de obra e a incorporação de novas habilidades, reconhecendo a diferença existente entre ricos e pobres.

b) A velocidade da informação é o benefício apresentado pela internet para a globalização, pois reduz o espaço mundial a um espaço virtual, sem a necessidade de integrar a todos os internautas.

c) A internacionalização da rede e a incorporação de centenas de milhões de usuários por todo o planeta excluem as diferenças culturais e econômicas devido à mundialização dos padrões de consumo.

d) A internet dinamizou e tornou imediatas transações e negociações em escala mundial, evitando a exclusão digital pelas parcerias com empresas e investimentos em inovações tecnológicas.

e) Ao mesmo tempo em que a internet facilita o processo de integração econômica global, é também responsável pela chamada exclusão digital, pois acentua a distância entre os usuários e aqueles que já viviam em situação de marginalidade econômica e social.

 

(UEPB)

 

Com base nos seus conhecimentos e com o auxílio do texto apresentado na questão anterior, assinale com V ou com F as proposições, conforme sejam respectivamente verdadeiras ou falsas em relação à atual globalização do capitalismo.

 

(     ) O progresso técnico e o acesso indiscriminado de todos os povos e classes sociais aos computadores e à Internet fazem com que o mundo se apresente sem fronteiras entre povos e nações, havendo hoje uma só realidade para todos.

(     ) A cultura é um elemento diferenciador entre os povos, o que não permite a completa homogeneização do espaço num mundo globalizado pela informação instantânea e planetária.

(     ) A relação tempo cronológico/ distância é redimensionada com o meio técnico-científico-informacional, já que pessoas, objetos e informações circulam com uma rapidez até então inimagináveis.

(     ) Os modernos sistemas de comunicações tornaram possível a instantaneidade da informação e com isso o conhecimento dos eventos longínquos, o que faz com que todos os lugares se tornem espaços da globalização.

 

A seqüência correta das assertivas é

 

a) V V V V

b) F F V F

c) F V V V

d) V F V V

e) V V V F

 

(UESPI) O esboço esquemático, apresentado a seguir, é característico das sociedades:

 

 

a) socialistas.

b) fordistas.

c) informacionais.

d) comunistas.

e) monárquicas.

 

(UEPB)

 

Pela Internet (Gilberto Gil)

In: CD Quanta. Gilberto Gil. Warner Music Brasil Ltda, 1997, faixa 11. CD 1.

 

Criar meu web sit

Fazer minha home-page

Com quantos gigabytes

Um barco que veleje

Que veleje nesse infomar

Que aproveite a vazante da infomaré

Que leve um oriki1 do meu velho orixá

Ao porto de um disquete de um micro em Taipe

[...] Que leve meu e-mail até Calcutá

Depois de um hot-link

Juntar via Internet

Num site de Helsinque [...]

Eu quero entrar na rede

Promover um debate [...]

[...] Um haker mafioso acaba de soltar

Um vírus pra atacar programas no Japão

Eu quero entrar na rede pra conectar

Os lares do Nepal, os bares do Gabão

Que o chefe da polícia carioca avisa pelo celular

Que lá na praça Onze tem um videopôquer para se jogar

(grifos nossos)

 

(1 Oriki palavra da língua Yorùbá, que tem vários significados, um deles pode-se traduzir como literatura ou textos para a língua portuguêsa.

(http://pt.wikipedia.org))

 

A partir dos fragmentos da letra da música, é possível perceber as transformações que o meio técnico-científico-informacional introduz na sociedade contemporânea, tais como:

 

I - A necessidade do domínio de um vocabulário específico e universal para se ter acesso ao sistema informacional e dele poder participar.

II - A permanente necessidade de atualização a partir da rapidez das transformações e da constante obsolescência dos objetos que são lançados no mercado.

III - O surgimento dos crimes virtuais e de novas formas de arbitrariedades só possíveis com o advento dessas novas tecnologias.

IV - O conhecimento do mundo ocorrendo em tempo real e simultâneo, o que permite não só a globalização econômica mais também cultural.

 

Estão corretas as proposições

a) I, II, III e IV.

b) I e III, apenas.

c) I, II e III, apenas.

d) II, III e IV, apenas.

e) I, II e IV, apenas.

 

(UFSCAR) A Terceira Revolução Industrial gerou mudanças profundas na configuração espacial do mundo, a qual o geógrafo Milton Santos denominou de meio técnico-científico-informacional. Sobre

essas mudanças, são feitas quatro afirmações. Analise-as.

 

I. O avanço do sistema de comunicações e de informática permitiu uma organização do espaço geográfico através de redes, que ampliam os fluxos possíveis, mesmo sem a fixação concreta das atividades produtivas em muitos pontos do espaço.

II. Apesar da ciência, da técnica e da produção estarem irregularmente distribuídas no espaço geográfico, as inovações tecnológicas estão disponíveis para todos, visto que elas transitam em fluxos que circulam por todo o mundo.

III. Embora a ampliação das relações internacionais, entre países da economia capitalista, tenha se iniciado há alguns séculos, essas mudanças alteraram o ritmo das interações espaciais, aumentando as trocas de mercadorias e a difusão de hábitos de consumo.

IV. A organização do espaço, através de redes, permitiu uma distribuição multiterritorial das atividades produtivas, gerando maior equilíbrio entre nações ricas e pobres, na divisão internacional do trabalho.

Estão corretas as afirmações:

 

a) I, II, III e IV.

b) I, II e III, apenas.

c) II, III e IV, apenas.

d) I e III, apenas.

e) II e IV, apenas.

 

(UFBA) Durante a guerra fria, os laboratórios do Pentágono chegaram a cogitar da produção de um engenho, a bomba de nêutrons, capaz de aniquilar a vida humana em uma dada área, mas preservando todas as construções. O Presidente Kennedy afinal renunciou a levar a cabo esse projeto. Senão, o que na véspera seria ainda o espaço, após a temida explosão seria apenas paisagem. Não temos melhor

imagem para mostrar a diferença entre esses dois conceitos. (SANTOS, 1996, p. 85).

 

 

Com base na leitura do texto e na observação das ilustrações, conceitue

a) paisagem;

b) espaço geográfico;

c) tempo histórico;

d) tempo geológico.

 

Resolução:

 

a)  “A paisagem é tudo aquilo que vemos, o que a nossa visão alcança. É, portanto, o domínio do visível e pode ser percebida de modo diferenciado. A paisagem é mutável, isto é, ela se transforma ao longo do tempo, em função das diversas formas de produção do espaço pelas atividades humanas.

 

b) O espaço geográfico é o espaço organizado pelo homem em um substrato físico. É o espaço da geografia. É a paisagem incluindo a vida nela existente. Ele pode ser definido como o conjunto indissociável de sistemas de objetos (redes técnicas, prédios, ruas) e de sistemas de ações (organização do trabalho, produção, circulação, consumo de mercadorias, relações familiares e cotidianas), que procuram revelar as práticas sociais dos diferentes grupos que nele produzem, lutam, sonham, vivem e fazem da vida caminhar.

 

c) Tempo histórico — representa o tempo a partir do qual o homem marcou a sua presença na historicidade da Terra. Marca as transformações culturais realizadas pelo homem no espaço geográfico. Convencionou-se dividi-lo em séculos, períodos e idades. Envolve, portanto, o tempo cronológico e marca os momentos históricos em seu processo de sucessão e simultaneidade.

 

d) Tempo geológico — é utilizado para referir-se à história da formação da Terra e, devido a sua duração muito longa (milhões e milhões de anos), é dividido em eras, períodos e idades geológicas.

 

VESTIBULAR 2008

 

(Ibmec)

 

internet

 

a) O mapa indica países, entre eles a China e a Arábia Saudita, que controlam e censuram o acesso de seus habitantes às fontes de informação, como as disponíveis na Internet.

b) O mapa apresenta regiões caracterizadas por uma histórica luta pelos direitos civis, entre eles a liberdade de expressão, como a conquistada pelos chineses após 1989.

c) As áreas hachuradas fazem parte daquele que é considerado pelo atual governo norte americano como sendo o “eixo do mal”.

d) As regiões destacadas no mapa não permitem nenhum acesso de correspondentes internacionais de qualquer meio de comunicação ocidental.

e) Os países destacados no mapa passaram, nas últimas décadas, por um intenso processo de nacionalização da imprensa, o que gerou protestos internacionais.

 

(UFPI) Para o geógrafo Milton Santos paisagem é “o domínio do visível, aquilo que a vista abarca. Não é formada apenas por volumes, mas também de cores, movimentos, odores, sons (...). A dimensão da paisagem é a dimensão da percepção, o que chega aos sentidos.” (Metamorfose do Espaço Habitado. São Paulo: Hucitec, 1996, p.61-62).

 

Considerando essa afirmação, analise as sentenças a seguir:

 

I. A simples observação da paisagem não nos traz explicações sobre as funções das edificações, da organização dos sistemas de produção e de tecnologias empregadas.

II. Apenas os elementos naturais são suficientes para entendermos o espaço geográfico, visível através das paisagens.

III. Ao considerarmos os elementos naturais, as funções dos espaços construídos, as relações e as estruturas econômicas, sociais e políticas, estamos tratando do espaço geográfico e não apenas das paisagens.

IV. As paisagens geográficas envolvem não somente os aspectos naturais, mas também os aspectos visíveis da cultura das sociedades.

 

Está correto apenas o que se afirma em:

 

a) I e II

b) II e III

c) II e IV

d) I, II e IV

e) I, III e IV

 

(Enade) Os países em desenvolvimento fazem grandes esforços para promover a inclusão digital, ou seja, o acesso, por parte de seus cidadãos, às tecnologias da era da informação. Um dos indicadores empregados é o número de hosts, isto é, o número de computadores que estão conectados à Internet. A tabela e o gráfico abaixo mostram a evolução do número de hosts nos três países que lideram o setor na América do Sul.

 

Dos três países, os que apresentaram, respectivamente, o maior e o menor crescimento percentual no número de hosts, no período 2003−2007, foram

 

a) Brasil e Colômbia.

b) Brasil e Argentina.

c) Argentina e Brasil.

d) Colômbia e Brasil.

e) Colômbia e Argentina.

 

(Unics) A que categoria geográfica se refere Milton Santos neste fragmento de texto?

 

“Formado por um conjunto indissociável, solidário e também contraditório, de sistemas de objetos e

sistemas de ações, não considerados isoladamente, mas como o quadro único no qual a história se dá.”

 

(SANTOS, M., 2004:63).

 

Assinale a alternativa correta:

 

a) Paisagem

b) Espaço geográfico

c) Território

d) Lugar

e) Região

 

(ESPM) O patrimônio cultural brasileiro é dos mais variados e apresenta íntima relação com o espaço geográfico. Ao lado e abaixo temos dois momentos da arquitetura brasileira que remetem a esta reflexão.

 

Sobre isso, podemos afirmar:

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 


(www.vitruvius.com.br - 05/08)

 

a) A paisagem é um conceito geográfico caracterizado pela combinação do território com a cultura, como comprova a arte gótica exposta nas duas imagens.

b) A produção do espaço é uma ação exclusivamente antrópica em que o meio físico não apresenta relevância em sua construção.

c) O espaço é uma acumulação desigual de tempos, como pode ser observado nas arquiteturas barroca e moderna, expostas nas imagens.

d) O espaço é estático, a cultura, dinâmica e o papel da geografia é fazer a descrição do momento presente, como ocorrem nas imagens do século XX, expostas acima.

e) A globalização impôs tal padronização cultural aos lugares que extinguiu a preservação da arquitetura histórica, legando ao território, uma convivência exclusiva com a arte contemporânea.

 

(Unipam) “Tudo aquilo que nós vemos, o que nossa visão alcança, é a paisagem. Esta pode ser definida como o domínio do visível, aquilo que a vista abarca. Não é formada apenas de volumes, mas também de cores, movimentos, odores, sons, etc. [...]”.

(SANTOS, Milton. Metamorfoses do espaço habitado. São Paulo: Hucitec, 1988).

 

Observe a paisagem abaixo.

 

 

Fonte: IVERNEL, Martin. Histoire-Geographie. Paris: Hatier, 2000. p. 274.

 

A partir da citação e da leitura da paisagem, todas as alternativas estão corretas, EXCETO:

 

a) A paisagem pode ser considerada como o resultado do processo de construção do espaço  geográfico. Ela evidencia, por exemplo, a história da população que ali vive e a maneira como utiliza alguns recursos naturais em seu dia-a-dia.

b) Esta paisagem também pode ser analisada para além do que é percebido apenas pelo olhar. Isso quer dizer que é possível buscarmos explicações para aquilo que se encontra por detrás da paisagem, a busca dos significados do que aparece.

c) Na aparência, as formas da paisagem estão apresentadas de modo estático. Mas, por outro lado, a paisagem é resultado de todo um processo de movimentos da população em busca de sua sobrevivência, como também pode ser resultante de movimentos da natureza.

d) A paisagem é formada, ou por elementos físicos, ou por elementos culturais. Nessa análise, para a compreensão de uma determinada realidade, é imprescindível analisarmos, de maneira  compartimentada, os aspectos naturais e os sociais.

 

(Fuvest)

 

A censura política na internet está, em geral, associada à atitude de países que pretendem

I. proteger suas culturas e valores nacionais, inibindo o contato com culturas de outras nações.

II. controlar o acesso a informações sobre a situação política interna e a questão dos direitos humanos.

III. isolar suas economias dos efeitos perversos de um mercado globalizado.

 

Está correto o que se afirma em

a) I, apenas.

b) II, apenas.

c) I e II, apenas.

d) III, apenas.

e) I, II e III.

 

VESTIBULAR 2007

 

(Ucpel) Pela Internet

 

Eu quero entrar na rede

Promover um debate

Juntar via Internet

Um grupo de tietes de Connecticut....

 

Gilberto Gil, 1999.

 

O trecho da música de Gilberto Gil traz à tona uma das grandes transformações tecnológicas dos últimos anos do século XX: a Internet. Na virada do século XIX para o XX, também houve o esboço de novas metas, as quais deveriam guiar o novo século. Sobre este último ponto, é correto afirmar que

 

a) se vivencia o surgimento de novas transformações derivadas, sobretudo, da revolução no campo das comunicações em que a cultura, por meio da Internet, atravessa as fronteiras dos Estados

Nacionais.

b) a transformação das pessoas passava inevitavelmente pelo processo de resgate de antigos aspectos ligados aos valores tradicionais como, por exemplo, a família e a religião.

c) novas transformações entraram em curso, derivadas da revolução das comunicações. a chamada cultura transnacional , ou seja, existe a difusão de uma cultura cujos padrões atravessavam as fronteiras dos Estados Nacionais.

d) há o surgimento da globalização, com grande destaque para a tecnologia e a comunicação, instrumentos capazes de fazer circular mensagens instantaneamente por meio de satélites, o que causou uma verdadeira revolução tecnológica.

e) o grande desafio das sociedades ocidentais fazia referência à criação dos Estados Nacionais e, para isso, era necessário transformar as pessoas que regiam suas vidas pelos valores tradicionais, em cidadãos, que passariam a obedecer a regras e leis gerais.

 

(Ufop) Leia o texto a seguir:

 

[...] Fechado ao sul pelo morro, descendo escancelado de gargantas até o rio, fechavam-no, a oeste, uma muralha e um vale. De fato, infletindo naquele rumo, o Vaza-Barris, comprimido entre as últimas casas e as escarpas a pique dos morros sobranceiros, torcia para o norte feito um cañon fundo. A sua curva forte rodeava, circunvalando-a, depressão em que se erigia o povoado, que se trancava a leste pelas colinas, a oeste e norte pelas ladeiras das terras mais altas, que dali se intumescem até

aos contrafortes extremos do Cambaio e do Caipá; e ao sul pela montanha. [...]

 

CUNHA, Euclides da. Os Sertões. Disponível em: 

 <http://www.dominiopublico.gov.br/dowload/texto/bv000091.pdf>. Acesso em: 4 abr. 2007.

 

O texto acima descreve um(a):

 

a) Paisagem.

b) Território.

c) Região.

d) Lugar.

 

(Uepb)

 

Toda paisagem que reflete uma porção do espaço ostenta marcas de um passado mais ou menos remoto, apagado ou modificado de maneira desigual, mas sempre presente”.

 

(Olivier Dolfus, 1991)

 

De acordo com o texto, podemos afirmar:

 

a) A paisagem é um conjunto de formas heterogêneas de idades diferentes.

b) A paisagem é estática, ao passo que o espaço é dinâmico.

c) As formas antigas da paisagem são sempre suprimidas, devido a seu envelhecimento técnico e social.

d) As paisagens refletem, sempre, as marcas das desigualdades sociais, por serem produzidas sob o modo de produção capitalista.

e) A paisagem é uma representação do espaço, mas não é espaço, portanto, exibe as formas, mas esconde a essência de sua produção.

 

(Ufrn) A produção do espaço geográfico é um processo histórico e social caracterizado pela apropriação dos recursos naturais pela sociedade e pelo progresso técnico vigente em cada momento histórico. Assim, com o desenvolvimento técnico-científico-informacional, traço marcante do mundo atual, o espaço geográfico

 

a) passou a ser produzido de forma generalizada, tendo em vista a distribuição homogênea do sistema técnico em escala global.

b) tornou-se mais denso em objetos artificiais, permitindo a aceleração dos fluxos da economia informacional.

c) foi unificado pelo surgimento das cidades globais, devido à distribuição uniforme do sistema mundial de redes de informações.

d) tornou-se globalizado, em virtude da universalização do acesso da população mundial aos objetos técnicos e informacionais.

 

(Fuvest)

 

 

O mapa acima representa as áreas de cobertura dos satélites utilizados pela CNN, uma das principais redes mundiais de comunicação. Com auxílio do mapa, é possível afirmar que as grandes redes de comunicação

 

a) têm como principal meta a divulgação das diferentes perspectivas de compreensão acerca de distintos problemas mundiais.

b) mantêm independência entre o conteúdo da informação e os interesses geopolíticos dos principais governos do mundo.

c) contribuem para a criação de uma cultura mundial, desenvolvendo padronização da percepção de conjunturas internacionais.

d) favorecem a criação de um mercado mundial, permitindo intercâmbio paritário entre culturas.

e) foram implantadas para se obter livre acesso à informação, resolvendo o problema do isolamento cultural.

 

VESTIBULAR 2006

 

(Ucpel) O conjunto de lugares, marcados por diferentes naturezas, que passaram por diferentes processos históricos, unidos por uma complexa rede de relações que se realizam nas mais variadas escalas, denominase de

 

a) ecossistema.

b) bioma.

c) espaço geográfico.

d) nicho geográfico.

e) cornubação urbana.

 

(Fdels) O geógrafo Milton Santos propôs uma periodização para o espaço geográfico brasileiro, segundo uma seqüência histórica de três meios geográficos: o “meio natural”, o “meio técnico” e o “meio técnico-científico-informacional”.

 

Em relação aos meios geográficos, considere as proposições abaixo:

 

I) O “meio natural” é caracterizado pela importância da natureza nos processos produtivos, pela reprodução da economia através da extensão horizontal da ocupação do território, pela fraca divisão social do trabalho. Foi dominante do Brasil até a segunda metade do século XIX.

II) O “meio técnico” expressa a introdução no país das inovações produzidas pela Revolução Industrial, não só estendendo o espaço construído como o fazendo crescer verticalmente, multiplicando e adensando áreas de concentração de atividades e de população. É acompanhado por uma maior divisão funcional e social do trabalho.

III) O “meio técnico-científico-informacional” inicia-se nos anos 1970/80. Expande-se o espaço virtual, transmitindo as imagens dos eventos em tempo real para todos os lugares. A informatização introduziu novas formas de produzir e criou o suporte técnico necessário para a globalização.

 

Podemos aceitar como corretas as proposições:

 

a) I, apenas

b) I e II, apenas

c) I e III, apenas

d) II e III, apenas

e) I, II e III

 

(Uel) “Na história primitiva, havia poucas formas criadas pelo homem, sendo bastante reduzido o número daquelas estabelecidas com um sentido de permanência ou de maior impacto. O espaço assemelhar-se-ia à tela proverbial esperando pela tinta da história humana. Neste aspecto, as

alternativas eram infinitas. Entretanto, cada objeto permanece na paisagem, cada campo cultivado, cada caminho aberto, poço de mina ou represa constitui uma objetificação concreta de uma sociedade e de seus termos de existência. As gerações vindouras não podem deixar de levar em conta essas formas. As cidades e as redes de transportes dos tempos modernos testemunham tal

herança, que se interpõe no curso do futuro.”

 

 (SANTOS, Milton. Espaço e método. São Paulo: Nobel, 1992. p. 54.)

 

Com base no texto, considere as afirmativas a seguir.

 I. Na paisagem produzida pelas sociedades, coexistem temporalidades distintas que se manifestam na diversidade de formas e de artefatos.

II. O aumento da densidade das paisagens faz com que as sociedades humanas percam a possibilidade de legar registros concretos de seus termos de existência.

III. Formas e objetos socialmente criados e dispostos no espaço têm papel ativo, pois facilitam ou nibem transformações sociais.

IV. Para as futuras gerações, a paisagem assemelhar-se-á a uma tela em branco esperando pela tinta da história humana.

 

Estão corretas apenas as afirmativas:

a) I e II.

b) I e III.

c) III e IV.

d) I, II e IV.

e) II, III e IV.

 

(Pucrio) A Internet surgiu da aliança entre informática e telecomunicações. Sua expansão tem sido muito rápida: 25 milhões de internautas em 1990 e aproximadamente 500 milhões em 2002.

A Internet abre novas fronteiras devido às numerosas funções que ela exerce. Entre essas novas funções temos, EXCETO:

 

a) correio eletrônico;

b) banco de dados;

c) trabalho à distância;

d) telecomércio;

e) teletransporte.

 

(Ufpa) “Os espaços [...] requalificados atendem, sobretudo, aos interesses dos atores hegemônicos da economia, da cultura e da política e são incorporados plenamente às novas correntes mundiais. O meio técnicocientífico-informacional é a cara geográfica da globalização.”

 

(SANTOS, Milton. A natureza do espaço: técnica e tempo, razão e emoção. São Paulo: Ed. Hucitec, 1997, 2. ed., p. 191.).

 

Considerando o texto é correto afirmar acerca do processo de globalização:

 

a) Os sistemas de informação hoje existentes, apesar de avançados, ainda não possibilitam trocas de imagens, sons, dados e voz em tempo real por todo o mundo, o que promove uma relativa distância entre os espaços regionais.

b) Após a onda de inovação tecnológica que perdurou da Segunda Guerra Mundial até os anos 70, um novo caminho, a revolução tecnocientífica, baseado na emergência dos microeletrônicos e da transmissão de informações, reordena o espaço global.

c) Uma das características que marcaram desde o início a “era da informação” foi a utilização de tecnologias de mais durabilidade e de difícil substituição.

d) De acordo com a nova ordem mundial, não é mais o poderio militar que impossibilita a circulação de informação em tempo real, mas, sim, o poderio econômico e tecnológico.

e) A força cultural no mundo ocidentalizado impede que cada vez mais pessoas bebam os mesmos refrigerantes, comam nas mesmas redes de lanchonetes, ouçam os mesmos tipos de músicas, assistam aos mesmos filmes e utilizem a mesma rede mundial de computadores para comunicação on line.

 

(Urca) Sobre Espaço Geográfico, assinale a opção verdadeira:

 

a) são as áreas que não sofreram intervenção humana, o que atualmente, com o nível de conhecimento do homem sobre o mundo, é inexistente;

b) é a base natural ou física sobre o qual se exerce soberania, sendo definido por suas fronteiras administrativas;

c) é um conceito bastante controvertido, hoje em dia, mas se refere a uma relação íntima ou emocional dos habitantes com seu território;

d) somente surge após o território ser trabalhado, usado e modificado ou transformado pelas sociedades humanas, ou quando estas imprimem na paisagem as marcas de sua atuação e organização social;

e) é o termo designativo de um conjunto de pessoas que possuem língua e tradições comuns, sendo esse o caso mais específico do Nordeste do Brasil, cuja população é mais tradicionalista.

 

(Uem) Sobre as comunicações e sobre o fluxo de informações no espaço geográfico mundial, assinale

a alternativa incorreta.

a) Na atualidade, os fluxos de comunicação e de informação se dão em rede e atingem, independentemente da infra-estrutura existente, todos os lugares do mundo.

b) Quando se assiste a um programa "via satélite", o sinal é emitido da estação geradora, por meio de uma antena parabólica, em direção ao satélite, de onde é retransmitido de volta à Terra, sendo recebido por outra antena.

c) Embora o lançamento de satélites artificiais utilizados nas comunicações seja uma conquista

da tecnologia moderna, as idéias básicas da física referentes a esse problema já tinham sido analisadas por Newton (1642-1727).

d) Os satélites geoestacionários, uma das muitas tecnologias da informação, são hoje amplamente utilizados na transmissão de sinais de TV e em telefonia a grandes distâncias.

e) As tecnologias da informação e da comunicação possibilitam a implantação de um capitalismo global, em que é possível produzir e distribuir informações e produtos para diferentes pontos do planeta em tempo real.

 

(Uel) “A penetração intensa da televisão no Brasil está inscrita na paisagem urbana e rural, nas páginas de revista, na profusão de aparelhos nos interiores das casas, nas mansões de alto luxo, nos barracos das favelas das cidades grandes, nas casas modestas e nas praças públicas de cidades pequenas. Os recordes nas vendas de televisores se explicam pela presença de diversos aparelhos por domicílio, cuidadosamente dispostos em vários cômodos das residências, às vezes em meio a altares domésticos.

 

(HAMBURGER, Esther. Diluindo fronteiras: a televisão e as novelas no cotidiano. In:  SCHAWRCZ, Lilia Moritz (Org.) História da vida privada no Brasil: contrastes da intimidade contemporânea. São Paulo: Companhia das Letras, 1998. p. 440.)

 

Com base no texto e nos conhecimentos sobre a relação da televisão com a sociedade moderna,

considere as afirmativas a seguir.

 

I. A penetração intensa da televisão no Brasil rompeu as fronteiras das diferenças sociais

e gerou uma sociedade livre da exclusão social.

II. O ato alienado de assistir à televisão promove uma falsa idéia de inclusão social e de equidade entre as etnias.

III. A difusão do sistema de TV por assinatura é expressão do apartheid social, pois permite a poucos o acesso a informações sobre outras culturas.

IV. Nas sociedades capitalistas, a televisão incita ao consumismo devido a sua forma de atração e seu poder de penetração junto às diversas classes sociais.

 

Estão corretas apenas as afirmativas:

 

a) I e II.

b) I e IV.

c) II e III.

d) I, III e IV.

e) II, III e IV.

 

(Uepb)

 

Antes longe era distante

perto, só quando dava

quando muito, ali defronte

e o horizonte acabava [...]

 

De jangada leva uma eternidade

de saveiro leva uma encarnação

 

Pela onda luminosa

leva o tempo de um raio

tempo que levava Rosa

pra aprumar o balaio [...]

 

Esse tempo nunca passa [...]

Mora no som da cabeça [...]

No instante em que tange o berimbau,

Meu camará

[...] De avião (leva) o tempo de uma saudade...

 

O fragmento da composição Parabolicamará, de Gilberto Gil, reflete:

 

I. A relativização da distância/tempo a partir da emergência do meio técnico-científico-informacional, no qual apenas alguns grupos sociais estão inseridos.

II. A importância que a velocidade alcançada pelos transportes e pelas comunicações passou a ter no atual processo de globalização, bem como no mito do espaço/tempo contraídos.

III. A coexistência de técnicas e culturas diversas que se fazem presentes no espaço, diferenciando lugares e povos, apesar de todo o processo de globalização que tende à uniformização.

IV. A massificação das culturas e lugares que passaram a viver, indistintamente, o “tempo rápido” da globalização, através de um meio técnico-científico-informacional que chegou para todos.

 

Está(ão) correta(s) apenas a(s) proposição(ões):

 

a) I, III e IV

b) II, III e IV

c) I, II e III

d) I e IV

e) IV

 

(Ufpel) Uma malha digital que cresce em velocidade vertiginosa está cobrindo nosso planeta: é a internet, a rede mundial de computadores. Considerando essa importante inovação tecnológica contemporânea, analise a informação:

 

A integração econômica global é facilitada pelo uso das mesmas técnicas, contudo, integrar não significa incluir a todos.

 

Com base nas informações e em seus conhecimentos, escolha a alternativa que melhor explica a afirmativa apresentada.

a) A era da informação e da revolução científica prioriza a qualificação da mão-de-obra e a incorporação de novas habilidades, reconhecendo a diferença existente entre ricos e pobres.

b) A velocidade da informação é o benefício apresentado pela internet para a globalização, pois reduz o espaço mundial a um espaço virtual, sem a necessidade de integrar a todos os internautas.

c) A internacionalização da rede e a incorporação de centenas de milhões de usuários por todo o planeta exclui as diferenças culturais e econômicas devido à mundialização dos padrões de consumo.

d) A internet dinamizou e tornou imediatas transações e negociações em escala mundial, evitando a exclusão digital pelas parcerias com empresas e investimentos em inovações tecnológicas.

e) Ao mesmo tempo em que a internet facilita o processo de integração econômica global, é também responsável pela chamada exclusão digital, pois acentua a distância entre os usuários e aqueles que já viviam em situação de marginalidade econômica e social.

 

(ENADE) Leia e relacione os textos a seguir.

 

O Governo Federal deve promover a inclusão digital, pois a falta de acesso às tecnologias digitais acaba por excluir socialmente o cidadão, em especial a juventude.

 

(Projeto Casa Brasil de inclusão digital começa em 2004. In: MAZZA, Mariana. JB online.)

 

Comparando a proposta acima com a charge, pode-se concluir que

 

 

a) o conhecimento da tecnologia digital está democratizado no Brasil.

b) a preocupação social é preparar quadros para o domínio da informática.

c) o apelo à inclusão digital atrai os jovens para o universo da computação.

d) o acesso à tecnologia digital está perdido para as comunidades carentes.

e) a dificuldade de acesso ao mundo digital torna o cidadão um excluído social.

 

(Uel) Analise a imagem a seguir.

 

 

Fonte: HARVEY, DAVID. A condição pós-moderna. São Paulo: Loyola, 1989. p. 220.

 

Com base na imagem e nos conhecimentos sobre o tema, é correto afirmar:

 

a) A intensificação da circulação de mercadorias e de pessoas está representada na progressiva redução do planisfério na imagem.

b) Houve uma diminuição real da superfície do planeta paralelamente à conservação de sua forma.

c) A difusão do uso dos transportes modernos acarretou uma diminuição das distâncias métricas entre os continentes.

d) Entre 1950 e 1960, ocorreu um aumento na velocidade máxima dos meios de transporte, diretamente proporcional ao ocorrido nos períodos anteriores.

e) A diminuição do tamanho da representação do planeta entre 1850 e 1960, na imagem, resultou da ampliação do tráfego nos grandes centros urbanos.

 

ATUALIZADO EM 20/07/2014