Página inicial
Sala de leitura
Enem
Críticas e sugestões
Eventos
Links paratodos
videos
 


CLIQUE NA IMAGEM
ACIMA, E CONHEÇA ALGUNS VIDEOS DIDÁTICOS CPTEC.INPE


CLIQUE NA IMAGEM
ACIMA, E CONHEÇA JOGO – QUEBRA CABEÇA COM MAPA-MÚNDI FÍSICO


CLIQUE NA IMAGEM
ACIMA, E CONHEÇA MAPA INTERATIVO DAS EMISSÕES DE CO2 NOS DIFERENTES PAÍSES DO MUNDO E DADOS DEMOGRÁFICOS.


CLIQUE NA IMAGEM
ACIMA, E JOGUE COM O MAPA DA EUROPA


CLIQUE NA IMAGEM E LEIA AS MANCHETES DE HOJE DOS JORNAIS DE TODO O
MUNDO.


VEJA O QUANTO VOCÊ CONHECE SOBRE CONTINENTES E OCEANOS


2 JOGOS PARA O ENSINO FUNDAMENTAL


CLIQUE NA IMAGEM E CONHEÇA O MAPA-MÚNDI INTERATIVO

site www.geocienciasnomapa.com.br
CLIQUE NA IMAGEM E CONHEÇA UM SERVIÇO DE LOCALIZAÇÃO ESPACIAL DE TESES E DISSERTAÇÕES EM GEOCIÊNCIAS

  Geografia Geral e do Brasil

ENEM 2005

Todas as questões selecionadas abaixo relacionam-se direta ou indiretamente a temas abordados pela Geografia. A prova do ENEM 2005 revelou que um bom conhecimento desta disciplina contribuiu para responder cerca da terça parte das questões.

PROVA
DOWNLOAD
Você pode baixar as questões relacionadas à geografia do ENEM 2005 em WORD clicando no link ao lado.”

ENEM 2005 QUESTÕES RELACIONADAS À GEOGRAFIA

 

1. Leia as características geográficas dos países X e Y.

País X País Y

A partir da análise dessas características é adequado priorizar as diferentes modalidades de transporte de carga, na seguinte ordem:

a ) país X rodoviário, ferroviário e aquaviário.
b) país Y rodoviário, ferroviário e aquaviário.
c) país X aquaviário, ferroviário e rodoviário.
d) país Y rodoviário, aquaviário e ferroviário.
e) país X ferroviário, aquaviário e rodoviário.

 

2. Um professor apresentou os mapas ao lado numa aula sobre as implicações da formação das fronteiras no continente africano. Com base na aula e na observação dos mapas, os alunos fizeram três afirmativas:

I - A brutal diferença entre as fronteiras políticas e as fronteiras étnicas no continente africano aponta para a artificialidade em uma divisão com objetivo de atender apenas aos interesses da maior potência capitalista na época da descolonização.
II - As fronteiras políticas jogaram a África em uma situação de constante tensão ao desprezar a diversidade étnica e cultural, acirrando conflitos entre tribos rivais.
III - As fronteiras artificiais criadas no contexto do colonialismo, após os processos de independência, fizeram da África um continente marcado por guerras civis, golpes de estado e conflitos étnicos e religiosos.

 

 

 

É verdadeiro apenas o que se afirma em

a) I.
b) II.
c) III.
d) I e II.
e ) II e III.

 

3. Leia o texto abaixo.

O jardim de caminhos que se bifurcam

(....) Uma lâmpada aclarava a plataforma, mas os rostos dos meninos ficavam na sombra. Um me perguntou: O

senhor vai à casa do Dr. Stephen Albert? Sem aguardar resposta, outro disse: A casa fica longe daqui, mas o senhor não se perderá se tomar esse caminho à esquerda e se em cada encruzilhada do caminho dobrar à esquerda. (Adaptado. Borges, J. Ficções . Rio de Janeiro: Globo, 1997. p.96.)

Quanto à cena descrita acima, considere que

I - o sol nasce à direita dos meninos;
II - o senhor seguiu o conselho dos meninos, tendo encontrado duas encruzilhadas até a casa.

Concluiu-se que o senhor caminhou, respectivamente, nos sentidos:

a ) oeste, sul e leste.
b) leste, sul e oeste.
c) oeste, norte e leste.
d) leste, norte e oeste.
e) leste, norte e sul.

 

4.

A situação abordada na tira torna explícita a contradição entre a

a ) relações pessoais e o avanço tecnológico.
b) inteligência empresarial e a ignorância dos cidadãos.
c) inclusão digital e a modernização das empresas.
d) economia neoliberal e a reduzida atuação do Estado.
e) revolução informática e a exclusão digital.

 

5. No gráfico abaixo, mostra-se como variou o valor do dólar, em relação ao real, entre o final de 2001 e o início de 2005. Por exemplo, em janeiro de 2002, um dólar valia cerca de R$ 2,40.

 

 

Durante esse período, a época em que o real esteve mais desvalorizado em relação ao dólar foi no

a) final de 2001.
b ) final de 2002.
c) início de 2003.
d) final de 2004.
e) início de 2005.

 

6.

Os brasileiros tiveram, em junho, o maior tempo de navegação residencial na internet entre 11 países monitorados

pelo Ibope/NetRatings: média mensal de 16 horas e 54 minutos por pessoa. O país ficou à frente de nações como a França, Japão, Estados Unidos e Espanha. (Adaptado. Folha de S.Paulo , 23/07/2005.)

Com base na tabela e no texto acima, analise os possíveis motivos para a liderança do Brasil no tempo de uso da

internet.

I - O país tem uma estrutura populacional com maior percentual de jovens do que os países da Europa e os EUA.
II - O uso de internet em casa se distribui igualmente entre as classes A, B e C, o que demonstra iniciativas de inclusão digital.
III - A adesão ao sistema de internet por banda larga ocorre, porque essa tecnologia promove a mudança de comportamento dos usuários.

 

Está correto apenas o que se afirma em

a ) I.
b) II.
c) III.
d) I e II.
e) II e III.

 

7. Observe as seguintes estratégias para a ocupação da Amazônia Brasileira.

I - Desenvolvimento de infra-estrutura do projeto Calha Norte;
II - Exploração mineral por meio do Projeto Ferro Carajás;
III - Criação da Superintendência para o Desenvolvimento da Amazônia;
IV - Extração do látex durante o chamado Surto da Borracha.

A ordenação desses elementos, desde o mais antigo ao mais recente, é a seguinte:

a ) IV, III, II, I.
b) I, II, III, IV.
c) IV, II, I, III.
d) III, IV, II, I.
e) III, IV, I, II.

 

8. Cândido Portinari (1903-1962), um dos mais importantes artistas brasileiros do século XX, tratou de diferentes aspectos da nossa realidade em seus quadros.

Sobre a temática dos Retirantes, Portinari também escreveu o seguinte poema:

(....)

Os retirantes vêm vindo com trouxas e embrulhos
Vêm das terras secas e escuras; pedregulhos
Doloridos como fagulhas de carvão aceso
Corpos disformes, uns panos sujos,
Rasgados e sem cor, dependurados
Homens de enorme ventre bojudo
Mulheres com trouxas caídas para o lado
Pançudas, carregando ao colo um garoto
Choramingando, remelento

(....) (Cândido Portinari. Poemas . Rio de Janeiro: J. Olympio, 1964.)

 

9. Das quatro obras reproduzidas, assinale aquelas que abordam a problemática que é tema do poema.

 

a) 1 e 2
b) 1 e 3
c ) 2 e 3
d) 3 e 4
e) 2 e 4

 

10. Analise o quadro acerca da distribuição da miséria no mundo, nos anos de 1987 a 1998.

A leitura dos dados apresentados permite afirmar que, no período considerado,

a ) no sul da Ásia e na África Subsaariana está, proporcionalmente, a maior concentração da população miserável.
b) registra-se um aumento generalizado da população pobre e miserável.
c) na África Subsaariana, o percentual de população pobre foi crescente.
d) em números absolutos a situação da Europa e da Ásia Central é a melhor dentre todas as regiões consideradas.
e) o Oriente Médio e o Norte da África mantiveram o mesmo percentual de população miserável.

 

11. Há quatro séculos alguns animais domésticos foram introduzidos na Ilha da Trindade como "reserva de alimento". Porcos e cabras soltos davam boa carne aos navegantes de passagem, cansados de tanto peixe no cardápio. Entretanto, as cabras consumiram toda a vegetação rasteira e ainda comeram a casca dos arbustos sobreviventes. Os porcos revolveram raízes e a terra na busca de semente. Depois de consumir todo o verde, de volta ao estado selvagem, os porcos passaram a devorar qualquer coisa: ovos de tartarugas, de aves marinhas, caranguejos e até cabritos pequenos. Com base nos fatos acima, pode-se afirmar que

a) a introdução desses animais domésticos, trouxe, com o passar dos anos, o equilíbrio ecológico.
b) o ecossistema da Ilha da Trindade foi alterado, pois não houve uma interação equilibrada entre os seres vivos.
c) a principal alteração do ecossistema foi a presença dos homens, pois animais nunca geram desequilíbrios no ecossistema.
d) o desequilíbrio só apareceu quando os porcos começaram a comer os cabritos pequenos.
e) o aumento da biodiversidade, a longo prazo, foi favorecido pela introdução de mais dois tipos de animais na ilha.

 

12. Os plásticos, por sua versatilidade e menor custo relativo, têm seu uso cada vez mais crescente. Da produção anual brasileira de cerca de 2,5 milhões de toneladas, 40% destinam-se à indústria de embalagens. Entretanto, este crescente aumento de produção e consumo resulta em lixo que só se reintegra ao ciclo natural ao longo de décadas ou mesmo de séculos. Para minimizar esse problema uma ação possível e adequada é

a) proibir a produção de plásticos e substituí-los por materiais renováveis como os metais.
b) incinerar o lixo de modo que o gás carbônico e outros produtos resultantes da combustão voltem aos ciclos naturais.
c) queimar o lixo para que os aditivos contidos na composição dos plásticos, tóxicos e não degradáveis sejam diluídos no ar.
d) estimular a produção de plásticos recicláveis para reduzir a demanda de matéria prima não renovável e o acúmulo de lixo.
e) reciclar o material para aumentar a qualidade do produto e facilitar a sua comercialização em larga escala.

 

13. Considerando os conhecimentos sobre o espaço agrário brasileiro e os dados apresentados no gráfico, é correto afirmar que, no período indicado,

 

a) ocorreu um aumento da produtividade agrícola devido à significativa mecanização de algumas lavouras, como a da soja.
b) verificou-se um incremento na produção de grãos proporcionalmente à incorporação de novas terras
produtivas.
c) registrou-se elevada produção de grãos em virtude do uso intensivo de mão-de-obra pelas empresas rurais.
d) houve um salto na produção de grãos, a partir de 91, em decorrência do total de exportações feitas por pequenos agricultores.
e) constataram-se ganhos tanto na produção quanto na produtividade agrícolas resultantes da efetiva reforma agrária executada.

 

14. Um problema ainda não resolvido da geração nuclear de eletricidade é a destinação dos rejeitos radiativos, o chamado lixo atômico. Os rejeitos mais ativos ficam por um período em piscinas de aço inoxidável nas próprias usinas antes de ser, como os demais rejeitos, acondicionados em tambores que são dispostos em áreas cercadas ou encerrados em depósitos subterrâneos secos, como antigas minas de sal. A complexidade do problema do lixo atômico, comparativamente a outros lixos com substâncias tóxicas, se deve ao fato de

a) emitir radiações nocivas, por milhares de anos, em um processo que não tem como ser interrompido artificialmente.
b) acumular-se em quantidades bem maiores do que o lixo industrial convencional, faltando assim locais para reunir tanto material.
c) ser constituído de materiais orgânicos que podem contaminar muitas espécies vivas, incluindo os próprios seres humanos.
d) exalar continuamente gases venenosos, que tornariam o ar irrespirável por milhares de anos.
e) emitir radiações e gases que podem destruir a camada de ozônio e agravar o efeito estufa.

 

15.

 

As tiras ironizam uma célebre fábula e a conduta dos governantes. Tendo como referência o estado atual dos países periféricos, pode-se afirmar que nessas histórias está contida a seguinte idéia:

a) Crítica à precária situação dos trabalhadores ativos e aposentados.
b) Necessidade de atualização crítica de clássicos da literatura.
c) Menosprezo governamental com relação a questões ecologicamente corretas.
d) Exigência da inserção adequada da mulher no mercado de trabalho.
e) Aprofundamento do problema social do desemprego e do subemprego.

 

16. A água é um dos fatores determinantes para todos os seres vivos, mas a precipitação varia muito nos continentes, como podemos observar no mapa abaixo.

 

 

Ao examinar a tabela da temperatura média anual em algumas latitudes, podemos concluir que as chuvas são mais abundantes nas maiores latitudes próximas do Equador, porque

a) as grandes extensões de terra fria das latitudes extremas impedem precipitações mais abundantes.
b) a água superficial é mais quente nos trópicos do que nas regiões temperadas, causando maior precipitação.
c) o ar mais quente tropical retém mais vapor de água na atmosfera, aumentando as precipitações.
d) o ar mais frio das regiões temperadas retém mais vapor de água, impedindo as precipitações.
e) a água superficial é fria e menos abundante nas latitudes extremas, causando menor precipitação.

 

17. Nos últimos meses o preço do petróleo tem alcançado recordes históricos. Por isso a procura de fontes energéticas alternativas se faz necessária. Para os especialistas, uma das mais interessantes é o gás natural, pois ele apresentaria uma série de vantagens em relação a outras opções energéticas.

A tabela compara a distribuição das reservas de petróleo e de gás natural no mundo, e a figura, a emissão de

monóxido de carbono entre vários tipos de fontes energéticas.

 

(Fonte: Gas World International Petroleum Economist.)

 

A partir da análise da tabela e da figura, são feitas as seguintes afirmativas:

I Enquanto as reservas mundiais de petróleo estão concentradas geograficamente, as reservas mundiais de gás natural são mais distribuídas ao redor do mundo garantindo um mercado competitivo, menos dependente de crises internacionais e políticas.

II A emissão de dióxido de carbono (CO 2 ) para o gás natural é a mais baixa entre os diversos combustíveis analisados, o que é importante, uma vez que esse gás é um dos principais responsáveis pelo agravamento do efeito estufa.

Com relação a essas afirmativas pode-se dizer que

a) a primeira está incorreta, pois novas reservas de petróleo serão descobertas futuramente.
b) a segunda está incorreta, pois o dióxido de carbono (CO 2 ) apresenta pouca importância no agravamento do efeito estufa.
c) ambas são análises corretas, mostrando que o gás natural é uma importante alternativa energética.
d) ambas não procedem para o Brasil, que já é praticamente auto-suficiente em petróleo e não contribui para o agravamento do efeito estufa.

e) nenhuma delas mostra vantagem do uso de gás natural sobre o petróleo.

 

18. Moradores de três cidades, aqui chamadas de X, Y e Z, foram indagados quanto aos tipos de poluição que mais afligiam as suas áreas urbanas. Nos gráficos abaixo estão representadas as porcentagens de reclamações sobre cada tipo de poluição ambiental.

Considerando a queixa principal dos cidadãos de cada cidade, a primeira medida de combate à poluição em cada uma delas seria, respectivamente:

 

 

 

x

y

z

a)

Manejamento de lixo

Esgotamento sanitário

Controle emissão de gases

b)

Controle de despejo industrial

Manejamento de lixo

Controle emissão de gases

c)

Manejamento de lixo

Esgotamento sanitário

Controle de despejo industrial

d)

Controle emissão de gases

Controle de despejo industrial

Esgotamento sanitário

e)

Controle de despejo industrial

Manejamento de lixo

Esgotamento sanitário

 

19. Os transgênicos vêm ocupando parte da imprensa com opiniões ora favoráveis ora desfavoráveis. Um organismo ao receber material genético de outra espécie, ou modificado da mesma espécie, passa a apresentar novas características. Assim, por exemplo, já temos bactérias fabricando hormônios humanos, algodão colorido e cabras que produzem fatores de coagulação sangüínea humana.

O belga René Magritte (1896 1967), um dos pintores surrealistas mais importantes, deixou obras enigmáticas.

Caso você fosse escolher uma ilustração para um artigo sobre os transgênicos, qual das obras de Magritte, abaixo, estaria mais de acordo com esse tema tão polêmico?

a)

 

b)

 

c)

 

d)

 

e)

 

20. Segundo a análise do Prof. Paulo Canedo de Magalhães, do Laboratório de Hidrologia da COPPE, UFRJ, o projeto de transposição das águas do Rio São Francisco envolve uma vazão de água modesta e não representa nenhum perigo para o Velho Chico, mas pode beneficiar milhões de pessoas. No entanto, o sucesso do empreendimento dependerá do aprimoramento da capacidade de gestão das águas nas regiões doadora e receptora, bem como no exercício cotidiano de operar e manter o sistema transportador.

Embora não seja contestado que o reforço hídrico poderá beneficiar o interior do Nordeste, um grupo de cientistas e técnicos, a convite da SBPC, numa análise isenta, aponta algumas incertezas no projeto de transposição das águas do Rio São Francisco. Afirma também que a água por si só não gera desenvolvimento e será preciso implantar sistemas de escoamento de produção, capacitar e educar pessoas, entre outras ações.

(Adaptado. Ciência Hoje , volume 37, número 217, julho de 2005)

 

Os diferentes pontos de vista sobre o megaprojeto de transposição das águas do Rio São Francisco quando confrontados indicam que

a) as perspectivas de sucesso dependem integralmente do desenvolvimento tecnológico prévio da região do semiárido nordestino.
b) o desenvolvimento sustentado da região receptora com a implantação do megaprojeto independe de ações sociais já existentes.
c) o projeto deve limitar-se às infra-estruturas de transporte de água e evitar induzir ou incentivar a gestão participativa dos recursos hídricos.
d ) o projeto deve ir além do aumento de recursos hídricos e remeter a um conjunto de ações para o desenvolvimento das regiões afetadas.
e) as perspectivas claras de insucesso do megaprojeto inviabilizam a sua aplicação, apesar da necessidade hídrica do semi-árido.

 

21. Em um estudo feito pelo Instituto Florestal, foi possível acompanhar a evolução de ecossistemas paulistas desde 1962. Desse estudo publicou-se o Inventário Florestal de São Paulo, que mostrou resultados de décadas de transformações da Mata Atlântica.

 

 

Examinando o gráfico da área de vegetação natural remanescente (em mil km 2 ) pode-se inferir que

a) a Mata Atlântica teve sua área devastada em 50% entre 1963 e 1973.
b) a vegetação natural da Mata Atlântica aumentou antes da década de 60, mas reduziu nas décadas posteriores.
c) a devastação da Mata Atlântica remanescente vem sendo contida desde a década de 60.
d) em 2000- 2001, a área de Mata Atlântica preservada em relação ao período de 1990-1992 foi de 34,6%.
e ) a área preservada da Mata Atlântica nos anos 2000 e 2001 é maior do que a registrada no período de 1990-1992.

 

Veja aqui o gabarito

Voltar ao topo

ATUALIZADO EM 10/04/2013