Página inicial
Sala de leitura
Enem
Críticas e sugestões
Eventos
Links paratodos
videos
 


CLIQUE NA IMAGEM
ACIMA, E CONHEÇA ALGUNS VIDEOS DIDÁTICOS CPTEC.INPE


CLIQUE NA IMAGEM
ACIMA, E CONHEÇA JOGO – QUEBRA CABEÇA COM MAPA-MÚNDI FÍSICO


CLIQUE NA IMAGEM
ACIMA, E CONHEÇA MAPA INTERATIVO DAS EMISSÕES DE CO2 NOS DIFERENTES PAÍSES DO MUNDO E DADOS DEMOGRÁFICOS.


CLIQUE NA IMAGEM
ACIMA, E JOGUE COM O MAPA DA EUROPA


CLIQUE NA IMAGEM E LEIA AS MANCHETES DE HOJE DOS JORNAIS DE TODO O
MUNDO.


VEJA O QUANTO VOCÊ CONHECE SOBRE CONTINENTES E OCEANOS


2 JOGOS PARA O ENSINO FUNDAMENTAL


CLIQUE NA IMAGEM E CONHEÇA O MAPA-MÚNDI INTERATIVO

site www.geocienciasnomapa.com.br
CLIQUE NA IMAGEM E CONHEÇA UM SERVIÇO DE LOCALIZAÇÃO ESPACIAL DE TESES E DISSERTAÇÕES EM GEOCIÊNCIAS

  Geografia Geral e do Brasil

ENEM 2006

Todas as questões selecionadas abaixo relacionam-se direta ou indiretamente a temas abordados pela Geografia. A prova do ENEM 2006 revelou que um bom conhecimento desta disciplina contribuiu para responder cerca da terça parte das questões.

PROVA
DOWNLOAD
Você pode baixar as questões relacionadas à geografia do ENEM 2006 em WORD clicando no link ao lado.”

Para responder as questões 1 e 2, analise o quadro a seguir, que esquematiza a história da Terra.

1. Considerando o esquema acima, assinale a opção correta.
A) Quando os primeiros hominídeos apareceram na Terra, os répteis já existiam há mais de 500 milhões de anos.
B) Quando a espécie Homo sapiens surgiu no planeta, América do Sul e África estavam fisicamente unidas.
C) No Pré-Cambriano, surgiram, em meio liqüido, os primeiros vestígios de vida no planeta.
D) A fragmentação da Pangéia ocasionou o desaparecimento dos dinossauros.
E) A Era Mesozóica durou menos que a Cenozóica.

2. Entre as opções a seguir, assinale a que melhor representa a história da Terra em uma escala de 0 a 100, com comprimentos iguais para intervalos de tempo de mesma duração.

3. Segundo a explicação mais difundida sobre o povoamento da América, grupos asiáticos teriam chegado a esse continente pelo Estreito de Bering, há 18 mil anos. A partir dessa região, localizada no extremo noroeste do continente americano, esses grupos e seus descendentes teriam migrado, pouco a pouco, para outras áreas, chegando ate a porção sul do continente. Entretanto, por meio de estudos arqueológicos realizados no Parque Nacional da Serra da Capivara (Piauí), foram descobertos vestígios da presença humana que teriam ate 50 mil anos de idade.

Validadas, as provas materiais encontradas pelos arqueólogos no Piauí

A) comprovam que grupos de origem africana cruzaram o oceano Atlântico ate o Piauí há 18 mil anos.
B) confirmam que o homem surgiu primeiramente na América do Norte e, depois, povoou os outros continentes.
C) contestam a teoria de que o homem americano surgiu primeiro na América do Sul e, depois, cruzou o Estreito de Bering.
D) confirmam que grupos de origem asiática cruzaram o Estreito de Bering ha 18 mil anos.
E) contestam a teoria de que o povoamento da América teria iniciado há 18 mil anos.

4. Entre 8 mil e 3 mil anos atrás, ocorreu o desaparecimento de grandes mamíferos que viviam na América do Sul. Os mapas a seguir apresentam a vegetação dessa região antes e depois de uma grande mudança climática que tornou essa região mais quente e mais úmida.


Revista Pesquisa Fapesp, n.º 98, 2004.

As hipóteses a seguir foram levantadas para explicar o desaparecimento dos grandes mamíferos na América do Sul.
I. Os seres humanos, que só puderam ocupar a América do Sul depois que o clima se tornou mais úmido, mataram os grandes animais.
II. Os maiores mamíferos atuais precisam de vastas áreas abertas para manterem o seu modo de vida, áreas essas que desapareceram da América do Sul com a mudança climática, o que pode ter provocado a extinção dos grandes mamíferos sul-americanos.
III. A mudança climática foi desencadeada pela queda de um grande asteróide, a qual causou o desaparecimento dos grandes mamíferos e das aves.

E cientificamente aceitável o que se afirma

A) apenas em I.
B) apenas em II.
C) apenas em III.
D) apenas em I e III.
E) em I, II e III.

5. O relatório anual (2002) da Organização para a Cooperação e Desenvolvimento Econômico (OCDE) revela transformações na origem dos fluxos migratórios. Observa-se aumento das migrações de chineses, filipinos, russos e ucranianos com destino aos países membros da OCDE. Também foi registrado aumento de fluxos migratórios provenientes da América Latina. Trends in international migration — 2002. Internet: <www.ocde.org> (com adaptações).

No mapa seguinte, estão destacados, com a cor preta, os países que mais receberam esses fluxos migratórios em 2002.

As migrações citadas estão relacionadas, principalmente, a
A) ameaça de terrorismo em paises pertencentes à OCDE.
B) política dos países mais ricos de incentivo a imigração.
C) perseguição religiosa em países muçulmanos.
D) repressão política em países do Leste Europeu.
E) busca de oportunidades de emprego.

6. Os mapas a seguir revelam como as fronteiras e suas representações gráficas são mutáveis.

Essas significativas mudanças nas fronteiras de paises da Europa Oriental nas duas ultimas décadas do século XX, direta ou indiretamente, resultaram

A) do fortalecimento geopolítico da URSS e de seus países aliados, na ordem internacional.
B) da crise do capitalismo na Europa, representada principalmente pela queda do muro de Berlim.
C) da luta de antigas e tradicionais comunidades nacionais e religiosas oprimidas por Estados criados antes da Segunda Guerra Mundial.
D) do avanço do capitalismo e da ideologia neoliberal no mundo ocidental.
E) da necessidade de alguns países subdesenvolvidos ampliarem seus territórios.

Texto para as questões 7 e 8.

7. Nos últimos anos, ocorreu redução gradativa da taxa de crescimento populacional em quase todos os continentes. A seguir, são apresentados dados relativos aos paises mais populosos em 2000 e também as projeções para 2050.

Com base nas informações acima, e correto afirmar que, no período de 2000 a 2050,
A) a taxa de crescimento populacional da China será negativa.
B) a população do Brasil duplicará.
C) a taxa de crescimento da população da Indonésia será menor que a dos EUA.
D) a população do Paquistão crescerá mais de 100%.
E) a China será o país com a maior taxa de crescimento populacional do mundo.

8. Com base nas informações dos gráficos mostrados, suponha que, no período 2050-2100, a taxa de crescimento populacional da Índia seja a mesma projetada para o período 2000-2050. Sendo assim, no inicio do século XXII, a população da Índia, em bilhões de habitantes, será
A) inferior a 2,0.
B) superior a 2,0 e inferior a 2,1.
C) superior a 2,1 e inferior a 2,2.
D) superior a 2,2 e inferior a 2,3.
E) superior a 2,3.

9. A poluição ambiental tornou-se grave problema a ser enfrentado pelo mundo contemporâneo. No gráfico seguinte, alguns paises estão agrupados de acordo com as respectivas emissões medias anuais de CO2 per capita.

Considerando as características dos paises citados, bem como as emissões medias anuais de CO2 per capita indicadas no gráfico, assinale a opção correta.
A) O índice de emissão de CO2 per capita dos países da União Européia se equipara ao de alguns países emergentes.
B) A China lança, em media, mais CO2 per capita na atmosfera que os EUA.
C) A soma das emissões de CO2 per capita de Brasil, Índia e Indonésia é maior que o total lançado pelos EUA.
D) A emissão de CO2 é tanto maior quanto menos desenvolvido e o pais.
E) A media de lançamento de CO2 em regiões e países desenvolvidos é superior a 15 toneladas por pessoa ao ano.

10. Com base em projeções realizadas por especialistas, preve-se, para o fim do século XXI, aumento de temperatura media, no planeta, entre 1,4 oC e 5,8 oC. Como conseqüência desse aquecimento, possivelmente o clima será mais quente e mais úmido bem como ocorrerão mais enchentes em algumas áreas e secas crônicas em outras. O aquecimento também provocara o desaparecimento de algumas geleiras, o que acarretara o aumento do nível dos oceanos e a inundação de certas áreas litorâneas. As mudanças climáticas previstas para o fim do século XXI
A) provocarão a redução das taxas de evaporação e de condensação do ciclo da água.
B) poderão interferir nos processos do ciclo da água que envolvem mudanças de estado físico.
C) promoverão o aumento da disponibilidade de alimento das espécies marinhas.
D) induzirão o aumento dos mananciais, o que solucionara os problemas de falta de água no planeta.
E) causarão o aumento do volume de todos os cursos de água, o que minimizara os efeitos da poluição aquática.

11. Chuva ácida e o termo utilizado para designar precipitações com valores de pH inferiores a 5,6. As principais substâncias que contribuem para esse processo são os óxidos de nitrogênio e de enxofre provenientes da queima de combustíveis fósseis e, também, de fontes naturais. Os problemas causados pela chuva ácida ultrapassam fronteiras políticas regionais e nacionais. A amplitude geográfica dos efeitos da chuva ácida esta relacionada principalmente com
A) a circulação atmosférica e a quantidade de fontes emissoras de óxidos de nitrogênio e de enxofre.
B) a quantidade de fontes emissoras de óxidos de nitrogênio e de enxofre e a rede hidrográfica.
C) a topografia do local das fontes emissoras de óxidos de nitrogênio e de enxofre e o nível dos lençóis freáticos.
D) a quantidade de fontes emissoras de óxidos de nitrogênio e de enxofre e o nível dos lençóis freáticos.
E) a rede hidrográfica e a circulação atmosférica.

12. As florestas tropicais úmidas contribuem muito para a manutenção da vida no planeta, por meio do chamado seqüestro de carbono atmosférico. Resultados de observações sucessivas, nas últimas décadas, indicam que a floresta amazônica é capaz de absorver ate 300 milhões de toneladas de carbono por ano. Conclui-se, portanto, que as florestas exercem importante papel no controle
A) das chuvas ácidas, que decorrem da liberação, na atmosfera, do dióxido de carbono resultante dos desmatamentos por queimadas.
B) das inversões térmicas, causadas pelo acumulo de dióxido de carbono resultante da não-dispersão dos poluentes para as regiões mais altas da atmosfera.
C) da destruição da camada de ozônio, causada pela liberação, na atmosfera, do dióxido de carbono contido nos gases do grupo dos clorofluorcarbonos.
D) do efeito estufa provocado pelo acumulo de carbono na atmosfera, resultante da queima de combustíveis fosseis, como carvão mineral e petróleo.
E) da eutrofização das águas, decorrente da dissolução, nos rios, do excesso de dióxido de carbono presente na atmosfera.

13.

A montanha pulverizada

Esta manha acordo e não a encontro.
Britada em bilhões de lascas
deslizando em correia transportadora
entupindo 150 vagões
no trem-monstro de 5 locomotivas
— trem maior do mundo, tomem nota —
foge minha serra, vai
deixando no meu corpo a paisagem
misero pó de ferro, e este não passa.

Carlos Drummond de Andrade. Antologia poética.
Rio de Janeiro: Record, 2000.

A situação poeticamente descrita acima sinaliza, do ponto de vista ambiental, para a necessidade de
I. manter-se rigoroso controle sobre os processos de instalação de novas mineradoras.
II. criarem-se estratégias para reduzir o impacto ambiental no ambiente degradado.
III. reaproveitarem-se materiais, reduzindo-se a necessidade de extração de minérios.

E) correto o que se afirma
A) apenas em I.
B) apenas em II.
C) apenas em I e II.
D) apenas em II e III.
E) em I, II e III.

14. O aqüífero Guarani, megarreservatório hídrico subterrâneo da América do Sul, com 1,2 milhão de km2, não é o "mar de água doce" que se pensava existir. Enquanto em algumas áreas a água e excelente, em outras, e inacessível, escassa ou não-potável. O aqüífero pode ser dividido em quatro grandes compartimentos. No compartimento Oeste, há boas condições estruturais que proporcionam recarga rápida a partir das chuvas e as águas são, em geral, de boa qualidade e potáveis. Já no compartimento Norte-Alto Uruguai, o sistema encontra-se coberto por rochas vulcânicas, a profundidades que variam de 350 m a 1.200 m. Suas águas são muito antigas, datando da Era Mesozóica, e não são potáveis em grande parte da área, com elevada salinidade, sendo que os altos teores de fluoretos e de sódio podem causar alcalinização do solo. Scientific American Brasil, n.º 47, abr./2006 (com adaptações).

 

Em relação ao aqüífero Guarani, e correto afirmar que
A) seus depósitos não participam do ciclo da água.
B) águas provenientes de qualquer um de seus compartimentos solidificam-se a 0 °C.
C) é necessário, para utilização de seu potencial como reservatório de água potável, conhecer detalhadamente o aqüífero.
D) a água e adequada ao consumo humano direto em grande parte da área do compartimento Norte-Alto Uruguai.
E) o uso das águas do compartimento Norte-Alto Uruguai para irrigação deixaria ácido o solo.

15. A situação atual das bacias hidrográficas de São Paulo tem sido alvo de preocupações ambientais: a demanda hídrica e maior que a oferta de água e ocorre excesso de poluição industrial e residencial. Um dos casos mais graves de poluição da água e o da bacia do alto Tiete, onde se localiza a região metropolitana de São Paulo. Os rios Tiete e Pinheiros estão muito poluídos, o que compromete o uso da água pela população. Avalie se as ações apresentadas abaixo são adequadas para se reduzir a poluição desses rios.

I. Investir em mecanismos de reciclagem da água utilizada nos processos industriais.
II. Investir em obras que viabilizem a transposição de águas de mananciais adjacentes para os rios poluídos.
III. Implementar obras de saneamento básico e construir estações de tratamento de esgotos.

E adequado o que se propõe
A) apenas em I.
B) apenas em II.
C) apenas em I e III.
D) apenas em II e III.
E) em I, II e III.

16. A tabela a seguir apresenta dados relativos a cinco paises.

 

Com base nessas informações, infere-se que
A) a educação tem relação direta com a saúde, visto que e menor a mortalidade de filhos cujas mães possuem.
maior nível de escolaridade, mesmo em paises onde o saneamento básico e precário.
B) o nível de escolaridade das mães tem influencia na saúde dos filhos, desde que, no pais em que eles residam, o abastecimento de água favoreça, pelo menos, 50% da população.
C) a intensificação da educação de jovens e adultos e a ampliação do saneamento básico são medidas suficientes para se reduzir a zero a mortalidade infantil.
D) mais crianças são acometidas pela diarréia no pais III do que no pais II.
E) a taxa de mortalidade infantil e diretamente proporcional ao nível de escolaridade das mães e independe das
condições sanitárias básicas.

17. Na avaliação da eficiência de usinas quanto à produção e aos impactos ambientais, utilizam-se vários critérios, tais como: razão entre produção efetiva anual de energia elétrica e potencia instalada ou razão entre potência instalada e área inundada pelo reservatório. No quadro seguinte, esses parâmetros são aplicados às duas maiores hidrelétricas do mundo: Itaipu, no Brasil, e Três Gargantas, na China.

Com base nessas informações, avalie as afirmativas que se seguem.
I. A energia elétrica gerada anualmente e a capacidade nominal máxima de geração da hidrelétrica de Itaipu são
maiores que as da hidrelétrica de Três Gargantas.
II. Itaipu é mais eficiente que Três Gargantas no uso da potência instalada na produção de energia elétrica.
III. A razão entre potência instalada e área inundada pelo reservatório e mais favorável na hidrelétrica Três
Gargantas do que em Itaipu.

E correto apenas o que se afirma em
A) I.
B) II.
C) III.
D) I e III.
E) II e III.

18. Em certas regiões litorâneas, o sal e obtido da água do mar pelo processo de cristalização por evaporação. Para o
desenvolvimento dessa atividade, e mais adequado um local
A) plano, com alta pluviosidade e pouco vento.
B) plano, com baixa pluviosidade e muito vento.
C) plano, com baixa pluviosidade e pouco vento.
D) montanhoso, com alta pluviosidade e muito vento.
E) montanhoso, com baixa pluviosidade e pouco vento.

19.  Para se discutirem políticas energéticas, é importante que se analise a evolução da Oferta Interna de Energia (OIE) do país. Essa oferta expressa as contribuições relativas das fontes de energia utilizadas em todos os setores de atividade. O gráfico a seguir apresenta a evolução da OIE no Brasil, de 1970 a 2002.

Com base nos dados do gráfico, verifica-se que, comparado ao do ano de 1970, o percentual de oferta de energia oriunda de recursos renováveis em relação à oferta total de energia, em 2002, apresenta contribuição.
A) menor, pois houve expressiva diminuição do uso de carvão mineral, lenha e carvão vegetal.
B) menor, pois o aumento do uso de derivados da cana-de-açúcar e de hidroeletricidade não compensou a diminuição do uso de lenha e carvão vegetal.
C) maior, pois houve aumento da oferta de hidroeletricidade, dado que esta utiliza o recurso de maior disponibilidade no pais.
D) maior, visto que houve expressivo aumento da utilização de todos os recursos renováveis do pais.
E) maior, pois houve pequeno aumento da utilização de gás natural e dos produtos derivados da cana-de-açúcar.

 

Veja aqui o gabarito

Voltar ao topo

ATUALIZADO EM 10/04/2013